ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

O diário de segredos de Daniele Moura



Boa noite amigos, demorei um pouquinho pois estou menstruada. Meu fluxo resolveu escorrer litros. Já enchi dois galões de água, daqueles de 20 litros. Quem estiver com falta, ou for um vampiro do século 21, saiba que estou vendendo. Mas voltando ao que interessa, chegou a hora de destilar meu veneno, guardado a sete chaves neste corpo reflexo das sete maravilhas do mundo. Não se esqueçam... "Meu brilho é único e não será o seu recalque que irá me desmoralizar". Eu e o quartel aprontamos muito, e chegou a hora de jogar o nome de cada uma delas na fogueira e destrinchar os segredos. 


O que era para ser um prêmio virou uma brincadeira, e agora é uma coluna. Intitulada "O Diário de Segredos de Daniele Moura" trará situações fictícias da peripécia Danny e seu quartel de amigas. Não viu a primeira edição? Então clique AQUI e leia.

______________________________________________

13 de outubro de 2014

Cheguei sambando da creche do meu filho, virada no grupo Olodum. Também dera, a imbecil da babá foi dar banho no meu filho e passou xampu da Natura, daquele Mamãe e Bebê. Dei uma voadora na cara dela quando vi aquela cena de amor e carinho. Peguei-a na boca da botija, agarrei seu cabelo hidratado e afoguei-lhe a cara na banheira. Só quando ela pediu arrego optei por soltá-la. Mas não foi o desfecho ideal, sem nenhum pudor ergui a subaqueira e a fiz sentir o odor M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O. Meu filho é pobre e ponto, esse "mimimi" me irrita. #AquiÉMãeCORUJA  

14 de outubro de 2014

Depois da frustração com o Compadre Washington, a Paty ficou na seca por um bom tempo. Ninguém queria sair com a corrimão de escada da região, é amigos ficou realmente marcada a bitch. Mas como pobre nunca desisti, e a safadeza é constante, Paty partiu para o mundo virtual. Cadastrou-se em um site de namoro, como: @PatyDelicia69. Transformou seu quarto em uma boate particular e agora, já pode-se considerar uma empresária de sucesso, com seus shows privê. Sou santa, mas se um dia precisar vou adentrar nessa profissão de cabeça, ou a cabeça vai entrar em mim?  #SouMuitoGostosa 

15 de outubro de 2014

Sem emprego e sendo sustenta pelos machos, a Kah viu no emprego da amiga Paty a solução para seus problemas. Embora fosse radical em matéria sexual, era tímida quando colocada em público. Logo a ideia de ser uma stripper virtual já não se adaptava ao seu perfil, santa enrustida. Sortuda foi chamada para fazer uma entrevista de emprego, encubou-se toda ao estilo "crente" de ser. Ao chegar ao local indicado levou um susto, o empregador era um negão de dois metros, forte e com um ar de pouca sobriedade. Olhou com desejo para a pequena Kah, tipo: "Quero seu corpo, e quero agora". Eu não sei o que houve por lá, só sei que tive que resgatar a Kah no pronto socorro. Coitada saiu de lá com cadeira de rodas.
#QuemNasceuPirigaNuncaVaiSerDiva 

16 de outubro de 2014

Confesso que foi difícil tirar o cheiro da Lizandra do meu cafofo e visto essa situação, não dava mais para aguentar. Tomei a frente e liguei para a pudim de pinga. Falei tudo o que sempre ficou enroscado na garganta. Chorosa não aceitou, brigou, xingou, falou blasfêmias e desligou o telefone sem nenhuma consideração. Cortei amizade no mesmo instante, mas repensei os valores quando soube que a cana ambulante havia tentado se matar após nossa conversa. A louca tomou três dorflex de uma só vez. #NaPróximaVezTentaChumbinho       

17 de outubro de 2014

Depois do incidente com meu avô cortei laços afetivos com a Eli. Fiquei chateada com a lascívia excessiva dela, para com aqueles que não tem mais a oferecer em cunho sexual. Mas nossos mundos cruzaram novamente quando tive que ir no postinho de saúde do bairro, tratar de uma coceira na área pélvica. Passei pelo médico e o "infeliz" me passou um exame - o temido papanicolau. Na realidade não tinha medo do exame em si, mas da vergonha em ter que realizá-lo, afinal minha menina só podia ser vista entre quatro paredes e por indivíduos do sexo masculino. Contra minha vontade fui encaminhada para a salinha de enfermagem, e logo minha pressão começou a oscilar para cima, quando deparei-me com a safada da Eli. Tirei a roupa, e fui submetida a raspagem. De relance vi a Eli rindo e comentando com a coleguinha. Não pensei duas vezes, levantei-me, passei a mão na "gretchen" (apelido da minha menina) e soquei na boca dela.  #ElaTeveOQueMereceu      


18 de outubro de 2014

É não posso dizer que a macumba da Tábata deu realmente certo, afinal Lizandra agora estava depressiva e com tendências lésbicas. Nada contra, só que laranja não me agrada tanto quanto cenoura. Enfim... Fui procurar Mãe Inez para reclamar do serviço mal feito. Resultado? Não fui atendida, e pior uma placa descrevia - "Não aceito devoluções. Não gostou? Deita na BR e espera o carro passar". 
#FuiEnganadaPorUmaFajuta  

Falei demais!

Até a próxima, fofoqueiros de plantão!

Quer mandar um beijo para alguém, pode! Mas desde que pague um "jaba". Risos.

E lembrem-se comentem sempre, lindinhos e lindinhas da titia Danny!

Por:




Aparato do Entretenimento

Criado em 2014, o "Aparato do Entretenimento" traz ao seu leitor uma gama versátil de conteúdo. Conta com colunistas especializados em áreas de atuação diferentes, que visam desta forma atender a você querido(a) leitor(a). Além da sua visita, esperamos ser seus amigos e como seremos pode nós dar aquela dica para melhorar, um puxão de orelha, elogiar. Acima de tudo queremos sua participação.


0 thoughts on “O diário de segredos de Daniele Moura