Aparato do Entretenimento: Relembrando Sucessos: Marimar, Thalía vai ao mar na segunda parte da trilogia das 'Marias'
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

Relembrando Sucessos: Marimar, Thalía vai ao mar na segunda parte da trilogia das 'Marias'


Thalía em foto promocional de 'Marimar' - Créditos: Televisa S.A

O ano era 1994 e Valentin Pimstein vinha do grande sucesso 'Maria Mercedes' de 1992, agora decidido a investir em um projeto semelhante, convidou novamente Thalía para interpretar outra personagem de nome 'Maria'. Nessa produção Pimstein optou por fazer uma nova versão da venezuelana 'La Indomable' de 1974, que por sua vez, era baseada numa radionovela de mesmo nome escrita por Inés Rodena. 

O produtor dessa vez não foi o produtor executivo da obra como muitos pensam e sim sua filha Verónica Pimstein, entretanto nos bastidores todos sabiam que quem ditava as regras era Valentin. Foi assim que surgiu um dos grandes sucessos de 1994, a produção que ficou responsável por consagrar ainda mais as carreiras de Pimstein e Thalía e uma novela que se tornaria um verdadeiro clássico: 'Marimar'.


Siga o nosso perfil no Instagram
@aparato_entretenimento


Thalía em foto promocional da novela - Créditos: Televisa S.A

Marimar é uma jovem humilde que vive com os avós e Pulguento, seu cãozinho de estimação em uma pequena vila de pescadores. Ela não conhece o pai e sofre por isso. Sua mãe morreu quando ela era bem pequena e são poucas as lembranças. Sérgio Santibanhez, filho de um rico fazendeiro da região, conhece Marimar e fica impressionado com sua beleza. Sérgio usa a inocência de Marimar para se vingar do pai e da madrasta, já que o convívio familiar é conturbado. Ele passa a seduzir a jovem, que acredita em suas falsas promessas e se apaixona perdidamente.

Sérgio se casa com Marimar, a leva para morar na fazenda e transforma a vida dela em um verdadeiro inferno. Humilhada por todos, ela enfrenta principalmente as maldades da maquiavélica Angélica, a madrasta de Sérgio, que fará de tudo para prejudicá-la. Sérgio, que é jogador profissional, vai para a capital cumprir seu contrato com o clube e deixa Marimar sob as garras de Angélica. Decidida a se livrar da presença dela, Angélica prepara uma armadilha, acusa Marimar de roubo e adultério e convence Sérgio a terminar o casamento. Desamparada, a jovem descobre que está sozinha, pois Angélica ordena ao capataz da fazenda que queime o casebre onde moram seus avós, que morrem carbonizados. Grávida e sozinha, Marimar decide tentar a vida na capital.

Por coincidência vai trabalhar na casa do pai que nunca conheceu. Doce e encantadora, ganha a confiança e o carinho da família que a ajuda a criar sua filha e investe em sua educação. Marimar se dedica aos estudos e passa a ajudar o pai a dirigir a empresa.

Com o poder em suas mãos e bom relacionamento com a alta sociedade, Marimar decide se vingar de todas as humilhações que sofreu na casa do ex-marido e acaba provocando a falência da família Santibanhez. Marimar recebe proposta de casamento do governador do Estado. Sérgio começa a namorar a filha do governador. Ao descobrir que Marimar e Sérgio foram casados, a filha do governador se transforma em sua maior inimiga.

O grande objetivo de Marimar é se vingar de Sérgio e toda a sua família, principalmente Angélica que tanto a humilhou. A herdeira milionária não vai medir esforços para se apropriar da fazenda Santibanhez. Depois de conquistar o seu objetivo, Marimar humilha e despreza seu ex-marido. Sérgio fica na miséria e se torna empregado de Marimar. Os dois acabam reconhecendo que ainda sentem amor um pelo outro.

Eduardo Capetillo e Thalía em foto promocional da novela - Créditos: Televisa S.A

'Marimar' foi um folhetim cheio de acertos que cativou o público desde o princípio, o folhetim apresentava uma boa história repleta de vingança, tinha belas locações e figurinos de bom gosto, um elenco de modo geral adequado, embora que alguns nomes fossem fracos e vários outros truques folhetinescos para conquistar o público.

Thalía veio com tudo para viver Marimar uma jovem sonhadora que é enganada e que resolve se vingar daqueles que a fizeram mal. Diferentemente de sua personagem anterior Mercedes que mesmo rica permanecia cafona, Marimar aqui quando ficava rica, vira uma dama da sociedade bem elegante. Nessa personagem Thalía ainda pode mostrar sua veia para interpretar uma vilã, já que teve capítulos que Marimar, agora conhecida como Bela Aldama foi de certa forma a vilã da trama. Teria sido muito bom ter visto Thalía interpretando uma antagonista posteriormente.

A sempre competente Chantal Andere foi outro destaque na pele da vilã Angélica. No início Angélica era uma vilã realmente detestável, já que fazia a vida de Marimar um inferno sem motivo, com o tempo a personagem enfraqueceu um pouco justamente pelo fato de agora ser vítima e Marimar ter meio que ocupado o posto da vilã. Lamenta-se o fato de Angélica ter morrido bem antes do final da trama, acredito que os roteiristas podiam ter investido mais no jogo de gato e rato entre ela e Bela Aldama até o final do folhetim.

A cena mais marcante de Chantal na novela com certeza foi a que ela removia as promissórias da lama com a boca, a cena consumia você de uma forma que marcava e o olhar que Chantal transmitia durante a cena era incrível, causando um misto de sentimentos no telespectador. Uma atriz que realmente dispensa qualquer apresentação.

Eduardo Capetillo, Chantal Andere e Alfonso Iturralde em foto promocional da novela - Créditos: Televisa S.A

Ada Carrasco e Tito Guízar se saíram super bem na pele de mamãe Cruz e Papai Chico, respectivamente, os avós de Marimar. Outro que conseguiu destaque nos holofotes foi o cachorro de Marimar chamado Pulguento, a aceitação do animal pelo público foi boa, que achou simpática a narração de seus pensamentos, por outro lado a crítica e até alguns produtores da própria Televisa acharam tanto o cachorro quanto sua narração, ridículas.

Agora a parte negativa da novela foi sem sombra de dúvidas o galã de Marimar, vivido pelo sempre canastrão e inexpressivo Eduardo Capetillo. Sérgio foi com toda certeza o pior personagem da novela, além de não ter química com Thalía, o personagem parecia mais um vilão cafajeste do que um galã, era daqueles que só de aparecer já causava raiva.

Posteriormente Capetillo reclamou do papel, alegando que não havia acrescentado em nada na sua carreira. Capetillo voltaria a encarar problemas como esses novamente na novela 'Camila' de 1998, onde ele protagonizou ao lado de sua esposa Bibi Gaytán.


Thalía como Bela Aldama em foto promocional da novela - Créditos: Televisa S.A


Foi exibida no Brasil pelo SBT entre 21 de novembro de 1996 até 18 de fevereiro de 1997, substituindo 'Maria Mercedes' e sendo substituída por 'Maria do Bairro'.


Foi reapresentada pela primeira vez pelo SBT entre 25 de maio até 06 de junho de 1998, sendo interrompida no capítulo 12 devido à Copa do Mundo.

Siga a nossa revista no Flipboard
View my Flipboard Magazine.


Foi reapresentada pela segunda vez pelo SBT entre, 5 de janeiro a 30 de julho de 2004, em 150 capítulos antecedendo 'Maria do Bairro'.

Foi reapresentada pela terceira vez pelo SBT entre, 17 de outubro de 2011 a 10 de fevereiro de 2012 em 83 capítulos substituindo 'Uma Rosa com Amor' e antecedendo mais uma reprise de 'Maria do Bairro'. Nesta exibição um capítulo atingiu o primeiro lugar de audiência, em 12 de dezembro de 2011.


Siga o nosso perfil no Pinterest


Foi reapresentada pela quarta vez pelo SBT entre 10 de junho até 23 de setembro de 2013, em 76 capítulos, substituindo 'Rosalinda' e sendo substituída por mais uma reprise de 'Maria do Bairro'.

Também foi reapresentada pela Rede CNT entre 20 de abril até 04 de setembro de 2009, substituindo 'Sonhos e Caramelos' e sendo substituída por 'A Outra'.

Nos prêmios TVyNovelas de 1995 a novela teve oito indicações saindo da cerimônia com uma mão na frente e outra atrás, recebendo apenas um prêmio especial de consolo como a telenovela de maior rating nos Estados Unidos.

Thalía em foto promocional da novela - Créditos: Televisa S.A

No geral, 'Marimar' foi uma novela que teve falhas, principalmente na escolha do galã, mas seu saldo não deixa de ser positivo, principalmente na história de vingança que serve de fio condutor da trama. Acredito que se a novela tivesse sido um pouco mais enxuta seria ainda melhor. 'Marimar' sempre será lembrada como um clássico que marcou a carreira de Thalía e que terá sempre um lugar especial no coração do público.

Siga o nosso perfil no Google News




Siga-me no Twitter: @EduardoOAlves2 



Aparato do Entretenimento

Criado em 2014, o "Aparato do Entretenimento" traz ao seu leitor uma gama versátil de conteúdo. Conta com colunistas especializados em áreas de atuação diferentes, que visam desta forma atender a você querido(a) leitor(a). Além da sua visita, esperamos ser seus amigos e como seremos pode nós dar aquela dica para melhorar, um puxão de orelha, elogiar. Acima de tudo queremos sua participação.


0 thoughts on “Relembrando Sucessos: Marimar, Thalía vai ao mar na segunda parte da trilogia das 'Marias'