ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

CRÍTICA: "Cargo" o thriller pós-apocalíptico da Netflix que te surpreende por não assustar

Créditos: Netflix

Versão remodelada de um curta-metragem homônino de 2013 - "Cargo" - é a mais recente aposta Original da Netflix. 

No elenco nomes de expressão, tais como: Martin Freeman, Anthony Hayes, Susie Porter, Caren Pistorius, Kris McQuade, Natasha Wanganeen, Bruce R. Carter, Simone Landers, David Gulpilil, Joesiah Amos, Ella Barter, Ikee Blackman e Latrelle Coulthard.



"Cargo" é um terror disfarçado de drama, não assusta, não tem o mínino de obrigação de dialogar com o público que aprecia o cinema de terror. No contexto geral apresenta sim cenas robustas, mescladas a suspense e sangue, porém nada em demasia e que arregale os olhos dos telespectadores mais entretidos com o horror.   
aqui começa o anuncio (coloque cor branca sobre está frase)
aqui termina o anuncio (coloque tinta branca sobre essa frase)
Ben Howling e Yolanda Ramke assumem a direção, papel este que trazem ao produto um "Q" de bom gosto com takes bem pensados e frieza ao personagem principal que precisa mostrar empatia e ao mesmo tempo desprendimento. 

Tão bem como a boa direção, outro ponto forte é sua maquiagem: simples e intensa. Não abusa, muito menos apresenta formas desproporcionais. Os zumbis são "comuns" ao estilo "The Walking Dead" e o drama envolto por suas mortes é desmistificado aos poucos, conforme o filme se desenvolve.
aqui começa o anuncio (coloque cor branca sobre está frase)
aqui termina o anuncio (coloque tinta branca sobre essa frase)
Porém, o que encanta mesmo em todo o filme é sua fotografia, como resultado final supera até o roteiro piegas e os desenlaçes que ocorrem durante sua exibição; ao contrário a fotografia se mantêm fiel e única durante todo seu rompante. São cenários australianos mesclados a cultura africana, que encantam os olhos e trazem o sobreponto que o filme precisa. 
aqui começa o anuncio (coloque cor branca sobre está frase)
aqui termina o anuncio (coloque tinta branca sobre essa frase)
Créditos: Netflix

"Cargo" é um filme para assistir e não se assustar, há mortes, ençalcos da vida, desencontros e má sorte, mas no fundo uma mensagem de amor e esperança. 

Avaliação: Mediano (Nota: 7)

Siga-me no Twitter: @Hiago__Junior 



Aparato do Entretenimento

Criado em 2014, o "Aparato do Entretenimento" traz ao seu leitor uma gama versátil de conteúdo. Conta com colunistas especializados em áreas de atuação diferentes, que visam desta forma atender a você querido(a) leitor(a). Além da sua visita, esperamos ser seus amigos e como seremos pode nós dar aquela dica para melhorar, um puxão de orelha, elogiar. Acima de tudo queremos sua participação.


0 thoughts on “CRÍTICA: "Cargo" o thriller pós-apocalíptico da Netflix que te surpreende por não assustar