Aparato do Entretenimento: One Tree Hill: Cinco motivos para você (re)assistir a série no Globoplay
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

One Tree Hill: Cinco motivos para você (re)assistir a série no Globoplay


Elenco em foto promocional da série - Créditos: Warner Bros. Television

O Globoplay anunciou que começa a disponibilizar a partir de hoje, 14/08, as temporadas da clássica série adolescente ‘One Tree Hill’ (Lances da Vida, by SBT). Após surtar com a notícia o editor aqui pensou que essa será uma boa oportunidade para quem já é fã da série de carteirinha matar as saudades, ou uma ótima pedida para aqueles que estão procurando uma nova série para maratonar. Sendo assim vou dar cinco motivos pelos quais você deve (re)assistir a série na plataforma.

Siga o nosso perfil no Instagram
@aparato_entretenimento


Chad Michael Murray e James Lafferty em cena da série - Créditos: Warner Bros. Television

1- História

Um dos pontos mais assertivos da série é como a trama aborda a vida real, os personagens são seres humanos com falhas e qualidades, e tais atitudes são transmitidas para o espectador, tais como: seus erros, suas amizades, alegrias, amores e de tudo um pouco. São essas emoções realistas que fazem o público ter identidade com a série e querer continuar assistindo a cada novo episódio.

2- Personagens
Uma das melhores coisas de ‘OTH’ é a forma que o roteiro constrói os personagens. É muito interessante ver a forma que eles evoluíram ao longo das nove temporadas, todos os jovens acabam criando laços, e no decorrer dos episódios, vão crescendo e apresentado ao telespectador a quebra de estereótipos que estruturavam suas personalidades. Por conta de um roteiro muito bem escrito, tanto os adolescentes, quanto os adultos da série expõem seus sentimentos, qualidades e defeitos de uma forma muito profunda, o que enriquece seus personagens.


Siga a nossa revista no Flipboard
View my Flipboard Magazine.

Bethany Joy Lenz, Sophia Bush e Hilarie Burton em cena da série - Créditos: Warner Bros. Television

3- Trilha Sonora Marcante

A abertura da série é impecável, é impossível não cantar ‘I Don’t Want to Be’ no decorrer da mesma. Durante os episódios é tocada várias músicas marcantes da época, que trazem aquele sentimento de nostalgia, afago que torna a experiência de ver ou rever a série ainda mais rica e tocante.

4- Romances
O romance entre os personagens são construídos de uma maneira formidável que faz você literalmente sofrer com o término de alguns casais e amar outros que decidem ficar juntos.


James Lafferty e Bethany Joy Lenz em cena da série - Créditos: Warner Bros. Television

Siga o nosso perfil no Pinterest


5- Brooke Davis
A personagem interpretada por Sophia Bush é praticamente uma unanimidade entre os fãs da série. Uma personagem incrível que alegra na maioria do tempo de arte, mas que também tem dramas relevantes que podem emocionar e muito o telespectador. Em suma, Brooke é uma personagem que é praticamente impossível não se apaixonar.


Sophia Bush como Brooke em cena da série - Créditos: Warner Bros. Television


Siga o nosso perfil no Google News

Acredito que tudo isso foi suficiente para convencer você a fazer uma maratona da série. Então não perde tempo e já vai preparando a pipoca e o brigadeiro.


Siga-me no Twitter: @EduardoOAlves2 



Aparato do Entretenimento

Criado em 2014, o "Aparato do Entretenimento" traz ao seu leitor uma gama versátil de conteúdo. Conta com colunistas especializados em áreas de atuação diferentes, que visam desta forma atender a você querido(a) leitor(a). Além da sua visita, esperamos ser seus amigos e como seremos pode nós dar aquela dica para melhorar, um puxão de orelha, elogiar. Acima de tudo queremos sua participação.


0 thoughts on “One Tree Hill: Cinco motivos para você (re)assistir a série no Globoplay