Aparato do Entretenimento: CRÍTICA: "Tully': a desconstrução de Charlize Theron
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

CRÍTICA: "Tully': a desconstrução de Charlize Theron


Charlize Theron – Créditos: Focus Features



Tully é um filme americano de comédia dramática protagonizado por Charlize Theron e Mackenzie Davis.


Créditos: Divulgação - Focus Features


👀 ALERTA DE SPOILER 👀

Tully começa contando a história de Marlo (Charlize Theron), uma mãe de dois filhos, que está gravida do terceiro e que não foi planejado, quando é chamada na escola, por conta de seu filho Jonah, que tem distúrbio do desenvolvimento, que os médicos a todo custo não conseguem diagnosticar. 

Todos ficam julgando com olhares a gravidez de Marlo, por estar com 40 anos, apesar disso, ela não se deixa abater e usa a ironia em algumas situações. Quando a família visita à casa de seu irmão rico Craig (Mark Duplass) para um jantar antes do parto, ele se oferece para pagar uma babá como presente para a nova criança, mas a rejeição é imediata.

aqui começa o anuncio (coloque cor branca sobre está frase)
aqui termina o anuncio (coloque tinta branca sobre essa frase)


Marlo dá a luz a uma menina e a chama de Mia. Como cuidar de três crianças não é fácil, rapidamente fica sobrecarregada e exausta, sobretudo como senão bastasse, a diretora da escola de Jonah recomenda que ele seja alocado em uma escola especial. Marlo tem um surto e a partir de então resolve aceitar a babá noturna que seu irmão propôs, [acho que fez bem, uma ajuda bem necessária pra ela que tem varias crianças]. Naquela noite, Marlo é visitada por Tully (Mackenzie Davis), a babá noturna.


Créditos: Divulgação - Focus Features


E nesse convívio diário entre elas, o filme cresce, ganhando uma dimensão psicológica e atual da posição da mulher nos dias de hoje. A amizade entre as duas vai crescendo a cada noite, ao ponto dela limpar a casa e fazer cupcakes para Jonah. Uma babá dessas não se acha em qualquer lugar né? Tully realmente é bem diferente das convencionais. 

Com a grande ajuda de Tully, Marlo recupera a alegria de viver e aos poucos vai tentando voltar à vida normal. 

Uma noite, ambas entram em uma conversa de foro íntimo, então, Marlo diz que o marido tem fetiche por mulheres com uniforme de garçonete na década de 50, eis que a babá coloca o uniforme que Marlo havia comprado e o trio acaba se envolvendo em um trisal. 

Na noite seguinte, Tully vai trabalhar visivelmente angustiada. Caminham para o antigo bairro de Marlo, e após se divertirem bastante, a babá pede demissão alegando que estava lá apenas para "preencher um vazio". 

Visivelmente decepcionada, Marlo vai embora e adormece ao volante, desvia o carro e cai em um rio. Quando se vê presa debaixo d'água imagina Tully como uma sereia que vem resgatá-la. 

No hospital a médica afirma ao marido de Marlo que ela está sofrendo de extrema privação e exaustão do sono, e quando perde as informações de Marlo, afirma que seu nome de solteira é Tully. Insistente é visitada por “Tully” pela última vez, onde decidem parar de se ver e se separam amigavelmente. 

De volta a casa, Marlo volta a ter a vida de antes, recuperada, com o casamento restabelecido e os filhos bem.

aqui começa o anuncio (coloque cor branca sobre está frase)
aqui termina o anuncio (coloque tinta branca sobre essa frase)



Charlize Theron fez um grande papel, esqueça aquela durona que vimos em "Velozes e Furiosos", no auge de seus 23 quilos a mais, me cativou de imediato pela dedicação ao papel, à personagem caiu como uma luva, não vejo outra atriz interpretando, ela imprime a ternura, veracidade e a sensibilidade que o roteiro precisa e determina.

Créditos: Divulgação - El País



No olhar de Charlize a cada cena podemos notar os sentimentos que a personagem passa: inseguranças, incertezas, medos. 

Mackenzie Davis cativou, nunca havia visto um filme com ela, gostei bastante, uma atriz radiante e solar, sua babá foi construída ao estilo Mary Poppins, que não estava lá só pra cuidar do bebê, mas da família toda.

Durante entrevista para a Entertainment Tonight, Theron declarou:

Eu ganhei cerca de 50 quilos para este filme, eu queria sentir o que está mulher sentia, e eu acho que foi uma maneira de abordá-la e entrar nessa mentalidade.

A atuação e a entrega de Charlize Theron a credencia como uma das candidatas ao Óscar 2019, apesar da concorrência ser bem forte, tomara que aconteça. Theron já foi várias vezes injustiçada pela academia.

Por Tully, Charlize Theron acaba de ser indicada a categoria “Melhor Atuação em Filme de Comédia ou Musical” do Globo de Ouro de 2019, que será realizado em janeiro. Esse mês.

Trailer - Tully


aqui começa o anuncio (coloque cor branca sobre está frase)
aqui termina o anuncio (coloque tinta branca sobre essa frase)
Ficha Técnica



Título original
Tully
Elenco
Charlize Theron
Marlo
Mackenzie Davis
Tully
Ron Livingston
Drew
Asher Miles Fallica
Jonah
Lia Frankland
Sarah
Mark Duplass
Craig
Diane Lane
Corrine Burns
Colleen Wheeler
Dr. Smythe
Elaine Tan
Elyse
Gameela Wright
Diretora Laurie
Joshua Pak
Dallas
Maddie Dixon-Poirier
Emmy
Tattiawna Jones
Violet
Emily Haine
Barista
Roteiro
Diablo Cody
Direção
Jason Reitman
Direção musical
Rob Simonsen
Produtora
Bron Studios, Right of Way Films e Denver and Delilah Productions
Distribuído por
Focus Features
Duração
96 minutos
Orçamento
Não Divulgado
Receita
Não Divulgado 
Gênero
Drama, Comédia
aqui começa o anuncio (coloque cor branca sobre está frase)
aqui termina o anuncio (coloque cor branca sobre está frase)
Curiosidades

➦ Tully começou a ser filmado em 22 de setembro de 2016 em Vancouver, Colúmbia Britânica;

➦ A roteirista do filme, Diablo Cody, é vencedora do Óscar de Melhor Roteiro Original em 2008, por Juno, também foi roteirista de Garota Infernal, Ricki and the Flash e Jovens Adultos;

➦ Jason Reitman foi diretor em Juno, Garota Infernal, Jovens Adultos, entre outros;

➦ Charlize Theron além de protagonizar o filme, também é uma das produtoras;

➦ O filme estreou no Festival de Cinema de Sundance de 2018, em janeiro e em maio nos cinemas;

➦ Tully foi lançado em download digital em 17 de Julho de 2018, e em Blu-ray e DVD em 31 de julho;

➦ Charlize Theron disse em entrevista que levou um ano e meio para eliminar o peso depois que as filmagens terminaram.

----------------------
E você, curtiu o filme? Conta pra gente! Não se acanhe, deixe seu parecer nos comentários.
----------------------


Escrito por: Leandro Martins
Siga-me no Twitter: @LeandroMartyns1 



Aparato do Entretenimento

Criado em 2014, o "Aparato do Entretenimento" traz ao seu leitor uma gama versátil de conteúdo. Conta com colunistas especializados em áreas de atuação diferentes, que visam desta forma atender a você querido(a) leitor(a). Além da sua visita, esperamos ser seus amigos e como seremos pode nós dar aquela dica para melhorar, um puxão de orelha, elogiar. Acima de tudo queremos sua participação.


0 thoughts on “CRÍTICA: "Tully': a desconstrução de Charlize Theron