Aparato do Entretenimento: #AndaComigo: "Um mergulho no mundo da literatura"
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

#AndaComigo: "Um mergulho no mundo da literatura"


POR ONDE ANDAS?


Fui desafiado a responder uma questão muito simples. Uma dúvida curiosa que não me deixaria preocupado se eu fosse uma pessoa normal, mas a simplicidade se tornou complexa por causa de uma das minhas características em relação à literatura. 


Afinal, a pergunta envolve um comportamento que tenho, diferente da conduta da maioria das pessoas que tem o hábito da leitura de livros. Com apenas uma palavra, eu seria capaz de dar o veredito. Entretanto, como diria a gíria dos pensadores contemporâneos: “fritei horas”. E foram muitas voltas do relógio para alcançar um resultado satisfatório. Vou parar de enrolar e revelar o motivo pelo qual estou escrevendo estas linhas. 


A curiosidade do emissor da mensagem era: se você acordasse dentro do cenário do último livro que você leu onde estaria? Nada complicado. Bastava ir na cabeceira da cama, folhear as páginas para relembrar qual era o local ou paisagem, caso a memória estivesse fraca. Mas para mim surgiu uma agonia, uma dificuldade de apenas fazer o rápido relato, citar qualquer palavra que viesse à mente, pois eu não tenho uma mini cômoda decorando o quarto, ao lado do leito do sono. Possuo um armário de quatro prateleiras, abrigando uns 50 livros, de diferentes estilos. E a última obra literária que li não reina solitária na lista, já que leio cinco ao mesmo tempo. Talvez, até mais, já que enjoo, perco o interesse, mudo de gosto, compro, faço empréstimo, estudo textos para aplicar em sala de aula. Confesso que estou lendo pouco, porque a concorrência com a televisão é forte. Todavia, dedico tempo à leitura no mesmo instante que fico grudado na telinha. Estranhamente, consigo dar atenção aos dois. 



Excluindo o que estou lendo para o universo acadêmico, ultimamente, minhas leituras estão direcionadas a interesses que não conversam entre si. No sábado passado, em poucas horas, li “Um livro para ser entendido”, de Pedro HMC, que trata da temática LGBT. Não há um lugar específico para ser citado. O texto é explicativo, fala de preconceito, de sexo, de relacionamentos, de amor, de tribos, de religião, de gírias. Tudo com humor. Se for para não deixar a pergunta no vácuo, diria que o local é um armário – dentro ou fora dele –, pois o autor fala sobre a falta de coragem que muitos homossexuais têm em se assumir para a sociedade. 


Paralelamente, estou mergulhado nas 750 páginas da biografia do grande Michelangelo, que viveu na Itália. Degusto cada informação emocionado, já que o artista é uma inspiração em tudo que fez e deixou de legado. Gostaria de acordar em todos os cenários que ele esteve presente, principalmente, em Florença ou em Roma, cidades que pulsam história, locais que merecem ser visitados diversas vezes, pela arte, pela gastronomia, pela cultura. Poderia estar também na Capela Sistina, no Vaticano. Se quero viajar e não posso no momento, transporto-me até lá por meio das letras que contam a vida de uma das maiores personalidades que já estiveram neste planeta. 


Há um tema que me encanta: a cultura islâmica. De tão distante, parece que até não existe. Fascina-me o comportamento do povo, suas características, suas comidas, suas relações pessoais, sobretudo, as amorosas. Para entendê-los, divido a leitura entre “Nas fronteiras do Islã”, de Sérgio Túlio Caldas, e “Sobre o Islã”, de Ali Kamel. Na mente, o cenário é um país que está me conquistando, o Uzbequistão, mas também percorro as estradas do Paquistão, os mistérios de Jerusalém. De lá, retorno para o Brasil, pois no meio dessa viagem, recentemente, li “Memórias Inesquecíveis de uma Cidade Sorriso”, da bom-despachense Juraci Antônia da Silva Pimentel. Acordei na paisagem que mais conheço, para onde gosto de ir sempre, minha casa, minhas raízes, nos cantinhos de Bom Despacho. 

E você? Para onde iria com a ajuda dos livros que está lendo? Gostaria que me contasse abaixo nos comentários. 

Nos links, você encontra os livros com melhores preços. 


Juliano Azevedo 

Jornalista, Professor Universitário, Escritor.
Twitter e Facebook: @julianoazevedo
E-mail: julianoazevedo@gmail.com



Aparato do Entretenimento

Criado em 2014, o "Aparato do Entretenimento" traz ao seu leitor uma gama versátil de conteúdo. Conta com colunistas especializados em áreas de atuação diferentes, que visam desta forma atender a você querido(a) leitor(a). Além da sua visita, esperamos ser seus amigos e como seremos pode nós dar aquela dica para melhorar, um puxão de orelha, elogiar. Acima de tudo queremos sua participação.


0 thoughts on “#AndaComigo: "Um mergulho no mundo da literatura"