Aparato do Entretenimento: Falando de Exorcismo

style='border:none;overflow:hidden;width:339px;height:200px;'>
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

Falando de Exorcismo

    




    O termo exorcismo (ato de fazer jurar) designa o ritual executado por uma pessoa devidamente autorizada para expulsar espíritos malignos de outra pessoa. O termo se tornou proeminente no início do cristianismo, no século II, com o início das expulsões de demônios.

   No ritual católico do exorcismo, apenas os bispos podem autorizar um sacerdote a fazer exorcismos. Depois de invocar a sua segurança e de todos aqueles que o assistem, o padre condena o(s) demônio(s) a não ter poderes sobre qualquer um dos presentes perante o possesso que deve encontrar-se amarrado de forma a prevenir qualquer tentativa de agressão.Tal segurança pode ser conseguida também com alguns desenhos, usados para aprisionar e nulificar os poderes dos demônios, mais precisamente A Chave de Salomão (Clavicula Salomonis).
    Segundo alguns relatos deste ritual, os "demônios" respondem com mentiras às numerosas perguntas do sacerdote sobre questões várias que incluem a identidade do "demônio" e/ou a razão da possessão. Ao fim de algumas horas consideradas extenuantes de invocações e de oração, poderá acontecer que o possesso seja libertado do domínio demoníaco e considerado "curado". Outras vezes essa situação pode ser revertida e a possessão volta a atormentar o paciente que muitas vezes também procura alívio em tratamentos psiquiátricos.
   Um dos atos de exorcismo mais conhecidos foi o de Anneliese Michel, uma jovem alemã que, segundo relatos da própria, foi possuída por uma legião de demônios. Filme: The Exorcism of Emily Rose.

Créditos trailer - Canal Youtube Dezeroadezfilmes

Para um exorcismo básico, apenas precisa dizer tais palavras em latim:

Exorcizamus te, omnis immundus spiritus,
omnis satanica potestas, omnis incuriso infernalis adversarii,
omnis legio, omnis congredatio et secta diabolica…
Ergo…
Perditionis venenum propinare. Vade, satana,
inventor et magister omnis fallaciae. Hostis humanae salutis.
Humiliare sub potenti manu dei. Contremisce et effuge.
Invocato a nobis sancto et terribile nomine. Quem inferi tremunt…
Ab insidis diaboli, libera nos, domine. Ut ecclesiam tuam secura tibi facias,
libertate servire, te rogamus, audi nos.

   Em uma visão cientifica aqueles que professam a crença em possessões demoníacas por vezes descrevem sintomas que são comuns a várias doenças mentais, como histeria, mania, psicose, síndrome de Tourette, epilepsia, esquizofrenia ou transtorno de identidade. Além disso, há uma forma de monomania denominada "demoniomania" ou "demonopatia" em que o paciente acredita que está possuído por um ou mais demônios. 

Felipédia


Gostou? Comente. Não gostou? Comente também. O importante é dar sua opinião.



Aparato do Entretenimento

Criado em 2014, o "Aparato do Entretenimento" traz ao seu leitor uma gama versátil de conteúdo. Conta com colunistas especializados em áreas de atuação diferentes, que visam desta forma atender a você querido(a) leitor(a). Além da sua visita, esperamos ser seus amigos e como seremos pode nós dar aquela dica para melhorar, um puxão de orelha, elogiar. Acima de tudo queremos sua participação.


0 thoughts on “Falando de Exorcismo