Aparato do Entretenimento: Análise: Sete anos após a estreia de Cuidado com o Anjo, SBT se prende as reprises e faz pouco uso de novelas inéditas
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

Análise: Sete anos após a estreia de Cuidado com o Anjo, SBT se prende as reprises e faz pouco uso de novelas inéditas


Foto promocional das 'Novelas da Tarde' - Créditos: SBT

Primeiramente sei que ainda faltam alguns dias para o aniversário de estreia de 'Cuidado com o Anjo', mas levando em conta os últimos acontecimentos achei interessante adiantar a matéria. Em primeiro de abril de 2013 o SBT levava ao ar o primeiro capítulo de uma novela que era um verdadeiro circo, mas que tinha uma atriz muito querida como protagonista e um casal quimicamente espetacular em cena. 'Cuidado com o Anjo' não só elevou a audiência do horário como também foi uma das maiores audiência do canal naquele período e abriu portas para que novas tramas inéditas da Televisa chegassem ao canal de Silvio Santos. Mas nem tudo é alegria e sete anos após a estreia dessa novela, o SBT também faz um verdadeiro circo nas novelas da tarde.



Siga o nosso perfil no Instagram
@aparato_entretenimento


Maite Perroni e William Levy em foto promocional de 'Cuidado com o anjo' - Créditos: Televisa S.A

Vindo com a missão de levantar os índices das novelas da tarde, 'Cuidado com o Anjo' cumpriu sua missão e levantou bastante os índices do canal, após seu fim chegou em seu lugar a novela ‘Por Ela Sou Eva’ que ao contrário de sua antecessora amargou baixos índices. Aqui culpo o SBT que estreou a novela em pleno mês de dezembro, além do fato de ‘Por Ela Sou Eva’ ser uma comédia o que quebrou a continuidade em relação a trama anterior que era um dramalhão bem rosa.

Após ‘Por Ela Sou Eva’ veio ‘Meu Pecado’ que também não alcançou grandes índices, mas também pudera, só o SBT mesmo pra estrear uma novela em plena época que uma Copa do Mundo estava sendo realizada no Brasil, era óbvio que ia fracassar.

William Levy e Jacqueline Bracamontes em foto promocional de 'Sortilégio' - Créditos: Televisa S.A


Mas após ‘Meu Pecado’ veio uma novela que além de levantar a audiência do horário, também causou muita polêmica antes mesmo de sua estreia. ‘Sortilégio’ fez um grande sucesso entre o público do canal, apesar dos muitos cortes que teve para se adequar a classificação indicativa.



Ana Brenda Contreras em foto promocional de 'Coração Indomável' - Créditos: Televisa S.A

Em 2015 foi a vez daquela que seria um dos maiores sucessos da faixa 'novelas da tarde', ‘Coração Indomável’ a nova versão de ‘Marimar’ fechou com uma média geral de oito pontos e chegou a marcar 10 pontos em muitos capítulos, além de tornar a atriz Ana Brenda Contreras uma das favoritas do público do canal.

Elenco em foto promocional de 'A Dona' - Créditos: Televisa S.A



No mesmo ano também estreou uma das novelas mais pedidas pelos espectadores do SBT, ‘A Dona’ que trazia no elenco Lucero, Fernando Colunga e Gabriela Spanic também fez bastante sucesso junto a ‘Coração Indomável’ na faixa de novelas.
Angelique Boyer em foto promocional de 'Teresa' - Créditos: Televisa S.A

Mas em outubro daquele ano estreava a novela de maior apelo polular tanto de público quanto nas redes sociais, ‘Teresa’. A novela fez bastante sucesso entre o telespectador e tornou Angelique Boyer (Amo!) a estrela do momento no Brasil, o sucesso foi tanto que em seguida veio mais novelas da estrela no canal.

Jorge Salinas e Silvia Navarro em foto promocional de 'Meu Coração é Teu' - Créditos: Televisa S.A


2016 entrou em cena e já trouxe seu primeiro grande sucesso consigo, ‘Meu Coração é Teu’ apresentou a atriz Silvia Navarro ao público do SBT e a mesma ganhou a admiração dos telespectadores, assim como Jorge Salinas que há tempos não aparecia na tela da emissora e aqui pode ganhar um grande destaque junto a Silvia. Uma curiosidade foi que a novela teve seus trabalhos de dublagem iniciados em 2015, mas ficou na gaveta por um tempo até estrear.

Angelique Boyer e David Zepeda em foto promocional de 'Abismo de Paixão' - Créditos: Televisa S.A

No entanto foi em março de 2016 que as novelas da tarde chegaram ao seu ápice. Animado com os bons resultados de ‘Teresa’, o SBT escalou outra trama com Angelique Boyer para assumir a vaga, foi assim que ‘Abismo de Paixão’ chegou no Brasil e logo logo marcou o público do canal, a novela tem até o momento a maior média de uma novela inédita das Novelas da Tarde: 8,46 pontos.

Zuria Vega em foto promocional de 'Mar de Amor' - Créditos: Televisa S.A


Em maio e de última hora, o SBT resolve exibir mais uma novela inédita e selecionou "Mar de Amor", uma produção de gosto duvidoso produzida por Nathalie Lartilleux e exibida em 2009 na Televisa. Protagonizada por Zuria Vega e Mario Cimarro, foi exibida com uma dublagem paulista horrorosa, algo que foi amplamente criticado pelo público. Ainda assim a novela fez sucesso fechando com uma média de 7,54.


Maite Perroni em foto promocional de 'A Gata' - Créditos: Televisa S.A

Uma moça pobre que se apaixona por um rapaz rico e juntos eles lutam para serem felizes, enfrentando a família e o preconceito. "A Gata", uma trama tradicional e de gosto bastante duvidoso assinada pela produtora Nathalie Lartilleux a mesma de ‘Mar de Amor’, que traz um elenco encabeçado por Maite Perroni e Daniel Arenas, foi repleta de críticas pelo público, mas doa a quem doer, teve a segunda maior audiência da faixa com 8,20 pontos.

Elenco em foto promocional de 'Lágrimas de Amor' - Créditos: Televisa S.A

Mas se no início de 2016 as coisas começaram bem, o mesmo não se pode dizer do fim. Em outubro daquele ano ocorreu a estreia de ‘Lágrimas de Amor’ que veio com a missão de substituir o fenômeno ‘Abismo de Paixão’, só que por mais que ‘Lágrimas de amor’ seja uma excelente novela, foi uma escolha totalmente equivocada, já que tinha uma pegada muito diferente da sua antecessora, não foi um fracasso como muitos haters gostam de pintar, mas também não atendeu as expectativas do canal e por fim acabou não tendo substituta.


Ana Layevska e Gabriel Soto em foto promocional de 'Querida Inimiga' - Créditos: Televisa S.A

Para substituir o sucesso ‘Mar de Amor’, o SBT escalou ‘Querida Inimiga’ uma novela exibida na Televisa em 2008 e que era ambientada no universo culinário. Protagonizada por Ana Layevska, Gabriel Soto e Jorge Avarena e antagonizada por Carmem Becerra na pele da incrível vilã Sara, a novela não caiu nas graças do público e acabou não tendo substituta. Por mais que concorde, 'Querida Inimiga' é uma novela bacana, foi uma escolha equivocada visto que o produto tinha um perfil muito diferente da antecessora além de não estar em HD, algo irrelevante, mas que foi criticado por uma boa parcela do público mais observador.

Como você pode observar não abordei as reprises que foram exibidas durante esse período, mas a partir de agora junto elas a lista, afinal praticamente vivemos de reprises a partir desse momento.

Numa tentativa desesperada de aumentar os índices de audiência, o SBT escala mais uma reprise de Rubi. Exibida entre janeiro e maio de 2017, a novela fechou com uma média de 5,97 e ficou abaixo do esperado.

Sebastián Rulli e Angelique Boyer em foto promocional de 'O Que a Vida me Roubou' - Créditos: Televisa S.A

Uma novela rodeada de expectativa e com uma pegada bem diferente fugindo do romance água com açúcar, ‘O Que a Vida me Roubou’ trazia Angelique Boyer e Sebastián Rulli novamente como protagonistas de uma obra. A novela estreou rodeada de expectativa e era esperado que atingisse índices parecidos com o de ‘Abismo de Paixão’, só que a novela não atendeu as expectativas e fechou com uma média de 6,70 deixando aquele gostinho amargo na boca.


Susana González em foto promocional de 'No Limite da Paixão' - Créditos: Televisa S.A

Se as coisas já não andavam boas elas ainda pioraram. Juro que queria entender quem foi que teve a ‘brilhante’ ideia de escalar 'No Limite da Paixão' para substituir ‘Rubi’. A novela não tinha feito muito sucesso na sua exibição original em 2003, quem dirá numa reprise. Derrubou ainda mais a audiência do horário e fechou com uma média de 5,41. O pior de tudo foi que ‘Amanhã é Para Sempre’, uma novela que estava em avançado trabalho de dublagem e que era super pedida pelo público, teve que ver sua vaga ser ocupada por uma reprise.


Horacio Pancheri e Paulina Goto em foto promocional de 'Um Caminho Para o Destino' - Créditos: Televisa S.A



Cotada para substituir ‘O que a vida me roubou’, ‘Amanhã é Para Sempre’ foi colocada de lado mais uma vez. ‘Um caminho para o destino’ uma trama bem rosa que tinha como produtora Nathalie Lartilleux, estreou na tentativa de subir os índices com uma história mais tradicional. Fechou com uma boa média de 6,93. Entretanto também não atendeu as expectativas como esperado. 

Na tentativa de levantar a baixa audiência deixada por ‘No Limite da Paixão’, o SBT escalou a reprise de ‘Sortilégio’ para tentar aumentar seu índices. Mas a repercussão da novela não superou o que se esperava e a trama fechou com uma média amarga de 5,86. 

2018 entrava em cena e o SBT começou o ano bem em audiência, mas como o patrão ama mexer no que está quieto, logo logo essa boa audiência voou pra bem longe...

Brasil vocês amam mesmo a minha novela, né? - Créditos: Televisa S.A

Enfrentando uma baixa audiência desde final de 2016, o SBT escalou a reprise de "Coração Indomável" para a vaga de ‘Sortilégio’ e a novela conseguiu levantar o horário, e por muitas vezes apareceu no TOP 5 de audiência do canal com médias que variavam na casa de 8 entre 10 pontos. Fechou com uma média geral de 8 pontos de audiência, a mesma de sua exibição original.


Silvia Navarro e Fernando Colunga em foto promocional de 'Amanhã é Para Sempre' - Créditos: Televisa S.A

Depois de muita espera finalmente ‘Amanhã é Para Sempre’ estreava no SBT sob muita expectativa do público. A novela protagonizada por Silvia Navarro e Fernando Colunga e que trazia Lucero como a grande vilã do enrendo, aumentou os índices do canal que vivia dando média de 8 pontos, porém nosso querido padrão cismou com a reprise de certa novelinha no horário e mesmo sendo um sucesso ‘Amanhã é Para Sempre’ viu seus 171 capítulos originais serem condensados em apenas 120. Lamentável!

Elenco em foto promocional de 'Que Pobres Tão Ricos' - Créditos: Televisa S.A

Como falei antes nosso amado patrão adora mexer no que está quieto. Em julho de 2018 estreou a inédita ‘Que Pobres Tão Ricos’ que deveria ser a substituta de ‘Amanhã é Para Sempre’, mas de última hora foi trocada e a novela teve a missão de substituir o sucesso que foi a reprise de ‘Coração Indomável’. O dramalhão rosa de Maricruz foi substituída por uma comédia bem pastelão, bastante colorida e afastou o público das novelas da tarde. Os números caíram de 8-10 pontos para 4-6 pontos. Desesperado o canal fez uma edição que acabou com a novela rapidamente e condensou os 166 capítulos originais em apenas 70.


Elenco em foto promocional de 'Carrossel' - Créditos: SBT

E nós meros mortais achávamos que as coisas não poderiam piorar... Mas que furada. O SBT escalou ‘Carrossel’ para a vaga de ‘Amanhã é Para Sempre’ e viu o público cativo abandonar de vez as novelas da tarde. A novelinha do patrão derrubou a audiência de ‘Amanhã é Para Sempre’ e viu seus 315 capítulos originais serem reduzidos a 156. 

Ainda em outubro daquele mesmo ano, a reprise de ‘Teresa’ substituiu a inédita "Que Pobres tão Ricos" com a missão de levantar a audiência. O SBT prometeu um final inédito, o que não foi suficiente para tentar aumentar a audiência e o público não deu muita bola para mais uma reexibição.

Logotipo de 'A Rosa dos Milagres' - Créditos: Televisa S.A

2019 chegava e a expectativa do espectador era grande para que duas atrações inéditas voltassem a ser exibidas. Nesse momento a novela 'A que não podia amar' se encontrava em fase de dublagem e era esperado que ela substituísse a bomba de 'Carrossel' mas Sisi escalou o seriado ‘A Rosa dos Milagres’ que até era uma produto inédito, mas algo totalmente inapropriado para faixa de novelas e que além de não ter dado audiência, decepcionou bastante o público do canal e durou apenas quinze dias na grade da emissora. Mas uma ideia sem noção pra entrar na lista do patrão.

No finalzinho de março o SBT lançou as chamadas da reprise de ‘A Dona’ para ocupar a vaga de ‘A Rosa dos Milagres’. A trama que trazia Lucero, Fernando Colunga e Gabriela Spanic no elenco conseguiu aumentar a audiência do horário e fechou com uma média de 7,11.

Ana Brenda Contreras e Jorge Salinas em foto promocional de 'A que não podia amar' - Créditos: Televisa S.A

Em 8 de abril de 2019, acontecia a estréia de uma das novelas mais pedidas pelo público do SBT: "A Que Não Podia Amar", bastante aguardada pelos telespectadores do canal, a novela que trazia no elenco nomes como Ana Brenda Contreras, Jorge Salinas e José Ron teve a missão de substituir a reprise de "Teresa", ainda que não tenha sido um grande sucesso como era esperado fechou com uma boa média de 6,75 e levantou um pouco os índices do canal.

Chegamos a metade de 2019 e vou englobar tudo de uma forma geral aqui. Não satisfeito com o fracasso de ‘A Rosa dos Milagres’, o patrão decidiu escalar de novo a série para substituir ‘A Dona’ mas agora sob o título de ‘Milagres de Nossa Senhora’. Só que diante das inúmeras críticas escalou ‘Abismo de Paixão’ para substituir ‘A dona’ um dia antes de sua estreia e com uma única chamada levada ao ar e por fim deixou ‘Milagres de Nossa Senhora’ no meio das duas novelas. Surtiu efeito? Um pouco, mas não o suficiente para deixar a série no ar já que em outubro ela novamente deixou a grade do canal.

Durante esse período a novela mexicana inédita aqui no Brasil ‘Quando me Apaixono’ entrou em processo de dublagem e era a favorita para substituir "A Que Não Podia Amar", mas o canal ficou com medo de estrear uma novela próximo das festas de fim de ano e deixou a novela pra depois. Sendo assim o SBT escalou mais uma reprise e ‘Meu Coração é Teu’ retornou a grade do canal.

Elyfer Torres em foto promocional de 'Betty a feia, em Nova York' - Créditos: Telemundo S.A



Ainda durante esse período foi divulgado que o SBT tinha adquirido a nova novela da Telemundo intitulada de ‘Betty em NY’ e em janeiro de 2020 o canal estreou a novela no lugar da reprise de ‘Abismo de Paixão’. A escolha dividiu opiniões dos telespectadores, já que uns queriam novelas inéditas da Televisa enquanto outros gostaram de ver novos horizontes no SBT. Como a novela ainda não chegou na metade ainda é cedo para dizer se ela é um sucesso ou fracasso no canal. 
Será que vamos sair da gaveta do SBT Silvia? Ai Juan se depender deles vamos ficar lá por um bom tempo. -  Créditos: Televisa S.A


Atualmente a reprise de ‘Meu Coração é Teu’ se encaminha pro final e muito era esperado que finalmente acontecesse a estréia de ‘Quando me Apaixono’, mas novamente o SBT escalou mais uma reprise e ‘O que a vida me roubou’ volta as telinhas do canal ainda em abril desse ano, o canal por sinal tem uma fixação por deixar as novelas de Silvia Navarro na gaveta, não é mesmo?


Claudia Martín e Osvaldo de León em foto promocional de 'Sin Tu Mirada' - Créditos: Televisa S.A


Vale dizer que a novela ‘Sin Tu Mirada’ teve seus trabalhos de dublagem iniciados, mas se fosse você não criaria expectativas de que ela vai será exibida logo, pois estamos falando do SBT e desse canal podemos esperar tudo.

Minha visão final é que o SBT faz pouco caso do seu público noveleiro, é sempre mais e mais e mais e mais reprises de novelas que acabaram ontem. Juro que queria entender a direção do canal, qual é o problema de apostar em tramas inéditas? Ninguém aguenta mais assistir as mesmas novelas. Tantas tramas excelentes como ‘Amores Verdaderos’, ‘La Fuerza del Destino’, ‘El Color de la Pasión’, ‘Um refugio para el amor’ e o SBT escala uma novela que foi exibida praticamente ontem, sério não dar para entender.

Será que a gente ganha uma chance no SBT algum dia Sebastián? Vixe Eiza, como as coisas andam é mais fácil a gente entrar na lista de grandes sucessos que foram esquecidos pelo SBT... - Créditos: Televisa S.A


Um conselho que eu dou ao público que assiste pelo SBT é o seguinte: Não criem expectativas em cima de nada, pois a única coisa que o SBT vai dar para o público é uma única novela inédita por ano e soltar mais e mais reprises na programação. No geral essa reprise de ‘O que a vida me roubou’ foi mais uma decepção pra quem pensava que 2020 seria diferente e que o SBT apostaria mais em tramas inéditas. Lamentável!

OBS: Até o fechamento da matéria essa reprise de 'O que a vida me roubou' foi a informação divulgada pelo SBT, mas como estamos falando de um canal que muda sua programação, não se surpreendam se essa reprise ocupar a vaga de outro produto e não a de 'Meu Coração é Teu' e também não fiquem surpresos caso uma moça chamada Maria e outra chamada Paola surjam na grade da emissora.

Siga a nossa revista no Flipboard
View my Flipboard Magazine.


Siga o nosso perfil no Google News


Siga-me no Twitter: @EduardoOAlves2 



Aparato do Entretenimento

Criado em 2014, o "Aparato do Entretenimento" traz ao seu leitor uma gama versátil de conteúdo. Conta com colunistas especializados em áreas de atuação diferentes, que visam desta forma atender a você querido(a) leitor(a). Além da sua visita, esperamos ser seus amigos e como seremos pode nós dar aquela dica para melhorar, um puxão de orelha, elogiar. Acima de tudo queremos sua participação.


0 thoughts on “Análise: Sete anos após a estreia de Cuidado com o Anjo, SBT se prende as reprises e faz pouco uso de novelas inéditas