Aparato do Entretenimento: Psicologia Jurídica

style='border:none;overflow:hidden;width:339px;height:200px;'>
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

Psicologia Jurídica



Domingo é dia de Felipédia. Hoje irei abordar um tema muito diferente de todos que já falei, para quem não sabe sou estudante de Psicologia e na minha veia pulsa informação a respeito deste assunto, por conta disso trago a vocês hoje uma prestação de serviços a respeito de uma área da psicologia que gosto bastante.


Escolha a sua música preferida e aperte play.
                                      
                                       
                


A psicologia jurídica é uma vertente de estudo da Psicologia, consistente na aplicação dos conhecimentos psicológicos aos assuntos relacionados ao Direito, principalmente quanto à saúde mental, quanto aos estudos sócio-jurídicos dos crimes e quanto à personalidade da Pessoa Natural e seus embates subjetivos. Os psicólogos forenses desempenham um papel importante no sistema de justiça, e esta pode ser uma carreira estimulante para aqueles que são interessados de aplicar os princípios psicológicos no sistema legal. Tipicamente, a psicologia forense é definida como a intersecção de psicologia e direito, mas os psicólogos forenses podem desempenhar muitos papéis, então esta definição pode variar. Em muitos casos, as pessoas que trabalham na área não são necessariamente “psicólogos forenses”. Podem ser também psicólogos clínicos, psicólogos educacionais, neurologistas ou terapeutas que utilizam seu conhecimento psicológico para dar testemunho, análise ou recomendações em casos criminais ou legais.

 Podemos encontrar os seguintes objetos de estudo e prática:

  • Psicanálise forense (mais genérica e aborda o sistema jurídico como um todo sob perspectivas psicológicas;
  • Psicologia criminal;
  • Psicologia obrigacional e do consumidor (também denominado de psicologia civil); 
  • Psicologia da família; 
  • Psicopatologia trabalhista;
  • Psicologia judiciária, que também envolvem os cartórios judiciais e extrajudiciais, devido ao aumento significativo de processos.


E isso galera. Espero que tenham gostado
Hasta la vista!
E não esqueçam de acessar meu Blog - (Clique aqui)

Felipédia

Gostou? Comente. Não gostou? Comente também. O importante é expressar sua opinião.

Siga a equipe do Aparato no twitter...











Aparato do Entretenimento

Criado em 2014, o "Aparato do Entretenimento" traz ao seu leitor uma gama versátil de conteúdo. Conta com colunistas especializados em áreas de atuação diferentes, que visam desta forma atender a você querido(a) leitor(a). Além da sua visita, esperamos ser seus amigos e como seremos pode nós dar aquela dica para melhorar, um puxão de orelha, elogiar. Acima de tudo queremos sua participação.


0 thoughts on “Psicologia Jurídica