Aparato do Entretenimento: Amor à Vida passou de ano como um aluno regular

style='border:none;overflow:hidden;width:339px;height:200px;'>
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

Amor à Vida passou de ano como um aluno regular


Chegou ao fim ontem mais uma novela da faixa nobre da Rede Globo, sucesso de crítica Amor à Vida mostrou um texto mediano, interpretações boas e um desfecho plausível (que fez com que os telespectadores, passagem por um tipo de lavagem cerebral e esquecem os suscetivos erros anteriormente ocorridos na trama). 
Primeira novela de autoria de Walcyr Carrasco no horário nobre da poderosa Globo, o autor resolveu ousar e apostar em temas difíceis de serem tratados e principalmente serem aceitos. O primeiro erro, foi justamente este o excesso de temas abordados, nas quais muitos não tiveram um fechamento digno ou um enredo que justificasse. Porém salvo alguns eixos, tais como a luta contra a homofobia  e o autismo que foram levemente tratados com sutileza, e não fugiram do essencial.
O principal erro da estória escrita por Walcyr foi o texto, sim, o bendito texto. Que em algumas situações berraram o senso do ridículo, mas não de todo mal, algumas cenas merecem um destaque maior e positivo, como as sequências finais.
Outro ponto bastante discutido foi a transição do vilão Félix para um mocinho de marca maior, que de uma hora para outra se redimiu, pediu perdão e se tornou o herói. Casos como estes realmente acontecem na vida real e por este ponto e ousadia o autor merece uma salva de palmas, mas por outro lado, por se tratar de uma ficção, o esperado é o vilão ser vilão do começo ao fim. Mas contudo, todavia, entretanto... cada um tem sua opinião a cerca disto.
O destaque da novela ficou a cargo de Tata Werneck e sua periguete Valdirene, que apesar de ser estereotipada e cômica, conseguiu arrancar boas risadas dos telespectadores, com seu jeitão ao mesmo tempo "louquinha" e engraçada.
Não que a novela tenha sido um perfeito mar de rosas, ou uma ida ao cemitério, não foi das piores e nem está entre as melhores do horário nobre e escritas pelo autor Walcyr Carrasco, que não merece toda a culpa. 
Finalizando... A novela é um boa  forma de entretenimento, bem ao estilo novela mexicana, que o público da Globo tem aprovado com louvor em suas últimas novelas. 

Merece uma nota: 7.0 que já dá e sobra para passar de série.

Gostou? Comente. Não gostou? Comente também. O importante é dar sua opinião.


TAG

Aparato do Entretenimento

Criado em 2014, o "Aparato do Entretenimento" traz ao seu leitor uma gama versátil de conteúdo. Conta com colunistas especializados em áreas de atuação diferentes, que visam desta forma atender a você querido(a) leitor(a). Além da sua visita, esperamos ser seus amigos e como seremos pode nós dar aquela dica para melhorar, um puxão de orelha, elogiar. Acima de tudo queremos sua participação.


0 thoughts on “Amor à Vida passou de ano como um aluno regular