ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

#ToBeContinued: Quero minha vida de volta



..."Não tive tempo de reagir, apenas tive consciência dos fatos, minha mãe estava inerte, com a boca tampada e uma faca no pescoço"...
" - Socorro, minha mãe foi esfaqueada..."

#ToBeContinued: Quero minha vida de volta 

Capítulo II
Sangue nas mãos

- Socorro! Socorro ajudem por favor ! Minha mãe está ferida! - Rapidamente vi um segurança vindo em nossa direção e outros correndo atrás do miserável que esfaqueou Dona Neide.

- Faça pressão no ferimento moça, o resgate já está a caminho. 

- Fazer pressão em um ferimento? Logo eu que nunca sequer lavei uma louça, teria que sujar minhas mãos de sangue?

Minha mãe estava fria e branca, e eu desesperada com tudo aquilo, em questão de segundos uma tragédia tomou conta de minha vida. Os paramédicos do shopping chegam e me tiram de cima de Dona Neide, iniciando ali mesmo os primeiros socorros.

- Ela é alérgica a algum medicamento? Balanço a cabeça negativamente. Como eu poderia saber? - Vamos leva-lá imediatamente ao hospital, você precisa nos acompanhar.

Fui praticamente arrastada para a ambulância, mesmo querendo caminhar minhas pernas não respondiam. Chegamos ao hospital, e  minha mãe foi levada imediatamente para o centro cirúrgico.

- Moça, qual seu nome? Moça? Venha vou te levar até a enfermaria. 

- Camila, meu nome é Camila.

- Camila tem alguém para quem você queira ligar? Algum familiar?

- Não temos mais ninguém. Somos só minha mãe e eu.

- Certo. Algum amigo ?

- Não. Chegamos aqui há dois meses. Não conheço ninguém.

- Você está se sentindo bem? Tenho que voltar para a ambulância.

- O que vai acontecer com minha mãe?

- Fique tranquila, ela está passando por uma cirurgia. Tudo ficará bem.

Foram quatro horas. As quatro horas mais longas de toda minha vida. Pessoas entravam e saiam do centro cirúrgico, porém nenhuma delas me dirigia a palavra. Até que um médico saiu e me olhando caminhou em minha direção.

- A senhora esfaqueada é sua mãe correto?

- Sim Doutor! É minha mãe. Como ela está?

- Bem! Fizemos o que foi possível, ela perdeu muito sangue e devido a diabetes teve problemas de coagulação.

- Sim, mas como ela está?

- Lamento, sua mãe não resistiu. Tentamos conter a hemorragia, fizemos transfusões de sangue, mas ele teve uma parada cardíaca e não voltou. Lamento.

- Como assim? Não. Ela estava reclamando como sempre... íamos almoçar juntas amanhã. Não, não pode ser.

- Eu sinto muito senhorita.

Nãoooooooo! Meu grito de desespero ecoa pelos corredores do hospital. Sinto me faltar as pernas, e imediatamente sou amparada pelo médico. Desmaiei. Horas depois acordei em uma maca, com um soro ligado a minha veia.

- Quero sair daqui! Alguém me tire daqui por favor.

- Acalme-se sou a Assistente Social do Hospital, meu nome é Ana. Me disseram que você não tem parentes aqui, então vou ajudar com os tramites para o enterro de sua mãe. Porém preciso que você se acalme, na medida do possível.

- Ana, certo!? Um marginal, um bandido acabou de matar minha mãe. E você vem e pede que eu me acalme?

- Entendo sua dor. Infelizmente como vocês não tem familiares, tudo precisará ser feito por você, há não ser que haja um advogado da família que possa ajudar.

- Na minha bolsa, por favor. Minha mãe me fazia andar com o cartão do advogado, caso houvesse uma emergência.

- Vou pegar, está no armário. Aqui está.

- Obrigada. É este aqui Doutor Felipe Mendes, pode ligar e pedir que venha.

- Sim farei isso imediatamente. Agora tente descansar até que ele chegue.

Descansar. Como se isso fosse fácil. Minha cabeça estava um turbilhão. Como em questão de segundos, eu passo de feliz para órfã? O advogado chega e me dá uns papéis para assinar, uma procuração para que ele possa realizar a parte burocrática para o enterro. Assino sem ler. Quero poder sentir minha dor, sem ter que pensar em nada.

No final da tarde o corpo de minha mãe é cremado. Saio de lá com as cinzas. Apenas as cinzas...

------ || ------

E aí, gostou? Quer mais? O que será que acontecerá com Camila agora que Dona Neide morreu? Descubra semana que vem... o @Hiago__Junior irá lhe contar no terceiro capítulo. 

Siga-me no Twitter: @dannydemoura

------ || ------
------ || ------
Não tive tempo de reagir, apenas vi um vulto e quando tive consciência dos fatos, minha mãe estava inerte, com a boca tampada e com uma faca no pescoço. 

Bigode ralo, algumas espinhas e feição juvenil. As sacolas pisoteadas, jorradas por um líquido vermelho nada sutil, uma bolsa levada. No chão, mamãe implorava por socorro, com as mãos em formato oval, unidas tentando estancar o sangue. Dei um grito abafado.

- Socorro, minha mãe foi esfaqueada! - See more at: http://www.aparatodoentretenimento.com.br/2017/05/tobecontinued-quero-minha-vida-de-volta.html#sthash.RqJU0DVg.dpuf
Não tive tempo de reagir, apenas vi um vulto e quando tive consciência dos fatos, minha mãe estava inerte, com a boca tampada e com uma faca no pescoço. 

Bigode ralo, algumas espinhas e feição juvenil. As sacolas pisoteadas, jorradas por um líquido vermelho nada sutil, uma bolsa levada. No chão, mamãe implorava por socorro, com as mãos em formato oval, unidas tentando estancar o sangue. Dei um grito abafado.

- Socorro, minha mãe foi esfaqueada! - See more at: http://www.aparatodoentretenimento.com.br/2017/05/tobecontinued-quero-minha-vida-de-volta.html#sthash.RqJU0DVg.dpuf
Não tive tempo de reagir, apenas vi um vulto e quando tive consciência dos fatos, minha mãe estava inerte, com a boca tampada e com uma faca no pescoço. 

Bigode ralo, algumas espinhas e feição juvenil. As sacolas pisoteadas, jorradas por um líquido vermelho nada sutil, uma bolsa levada. No chão, mamãe implorava por socorro, com as mãos em formato oval, unidas tentando estancar o sangue. Dei um grito abafado.

- Socorro, minha mãe foi esfaqueada! - See more at: http://www.aparatodoentretenimento.com.br/2017/05/tobecontinued-quero-minha-vida-de-volta.html#sthash.RqJU0DVg.dpuf
Não tive tempo de reagir, apenas vi um vulto e quando tive consciência dos fatos, minha mãe estava inerte, com a boca tampada e com uma faca no pescoço. 

Bigode ralo, algumas espinhas e feição juvenil. As sacolas pisoteadas, jorradas por um líquido vermelho nada sutil, uma bolsa levada. No chão, mamãe implorava por socorro, com as mãos em formato oval, unidas tentando estancar o sangue. Dei um grito abafado.

- Socorro, minha mãe foi esfaqueada! - See more at: http://www.aparatodoentretenimento.com.br/2017/05/tobecontinued-quero-minha-vida-de-volta.html#sthash.RqJU0DVg.dpuf
Não tive tempo de reagir, apenas vi um vulto e quando tive consciência dos fatos, minha mãe estava inerte, com a boca tampada e com uma faca no pescoço. 

Bigode ralo, algumas espinhas e feição juvenil. As sacolas pisoteadas, jorradas por um líquido vermelho nada sutil, uma bolsa levada. No chão, mamãe implorava por socorro, com as mãos em formato oval, unidas tentando estancar o sangue. Dei um grito abafado.

- Socorro, minha mãe foi esfaqueada! - See more at: http://www.aparatodoentretenimento.com.br/2017/05/tobecontinued-quero-minha-vida-de-volta.html#sthash.RqJU0DVg.dpuf
Não tive tempo de reagir, apenas vi um vulto e quando tive consciência dos fatos, minha mãe estava inerte, com a boca tampada e com uma faca no pescoço. 

Bigode ralo, algumas espinhas e feição juvenil. As sacolas pisoteadas, jorradas por um líquido vermelho nada sutil, uma bolsa levada. No chão, mamãe implorava por socorro, com as mãos em formato oval, unidas tentando estancar o sangue. Dei um grito abafado.

- Socorro, minha mãe foi esfaqueada! - See more at: http://www.aparatodoentretenimento.com.br/2017/05/tobecontinued-quero-minha-vida-de-volta.html#sthash.RqJU0DVg.dpuf
Não tive tempo de reagir, apenas vi um vulto e quando tive consciência dos fatos, minha mãe estava inerte, com a boca tampada e com uma faca no pescoço. 

Bigode ralo, algumas espinhas e feição juvenil. As sacolas pisoteadas, jorradas por um líquido vermelho nada sutil, uma bolsa levada. No chão, mamãe implorava por socorro, com as mãos em formato oval, unidas tentando estancar o sangue. Dei um grito abafado.

- Socorro, minha mãe foi esfaqueada! - See more at: http://www.aparatodoentretenimento.com.br/2017/05/tobecontinued-quero-minha-vida-de-volta.html#sthash.RqJU0DVg.dpuf



Aparato do Entretenimento

Criado em 2014, o "Aparato do Entretenimento" traz ao seu leitor uma gama versátil de conteúdo. Conta com colunistas especializados em áreas de atuação diferentes, que visam desta forma atender a você querido(a) leitor(a). Além da sua visita, esperamos ser seus amigos e como seremos pode nós dar aquela dica para melhorar, um puxão de orelha, elogiar. Acima de tudo queremos sua participação.


0 thoughts on “#ToBeContinued: Quero minha vida de volta