Aparato do Entretenimento: Paty na Bienal Internacional do Livro de São Paulo
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

Paty na Bienal Internacional do Livro de São Paulo


Olá meu povo!

Hoje venho contar para vocês sobre uma das melhores experiências da minha vida, que foi participar da "Bienal Internacional" do livro de São Paulo.

A 24ª Bienal Internacional do livro de São Paulo aconteceu do dia 26 de agosto a 04 de setembro no pavilhão de exposições do Anhembi, o evento foi palco de encontro das principais editoras e livrarias do país, contou também com a presença de grandes escritores nacionais e internacionais para fazer a alegria dos fãs que se deslocaram de vários lugares do país.

O evento em si foi uma grande mescla de literatura, cultura, gastronomia, negócios e muita diversão.

Se você assim como eu, é fascinado em literatura saiba que ali é o nosso lugar, nunca me senti tão em casa como na bienal, cada estande... uma nova descoberta, a cada lançamento, a promessa de uma nova viagem literária.

Os estandes mais visitados sem dúvida foram os das livrarias Saraiva e do Grupo Companhia das Letras, onde se encontravam a maior variedade de títulos e autores.


Vou contar para vocês a minha experiência já que meu maior sonho era conhecer a Bienal e esse ano tive um incentivo a mais, que foi conhecer a famosa e sensacional escritora espanhola Megan Maxwell.


Megan Maxwell, nascida na Alemanha e radicada na Espanha, de mãe espanhola e pai americano é uma famosa escritora de romances eróticos e femininos que vem conquistando diversos prêmios, tais como: Prêmio Internacional de Sesseña (2010, 2011 e 2013) e o Prêmio Dama de Clubromantica.com (2011), desde seu primeiro livro lançado, "Te lo Dije" em 2009.

Com mais de 20 títulos lançados, seus relatos picantes ganharam fãs em todo o mundo, inclusive no Brasil, onde a trilogia "Peça-me o Quiser", se tornou um best-seller.

Megan vive em um vilarejo perto de Madri na companhia do marido, filhos, seu cão Drako e seus gatos Romeu e Julieta.

A participação da autora não ficou somente em uma tarde de autógrafos, antes disso a mesma nos proporcionou um bate papo engraçado e esclarecedor sobre suas obras e também sobre ela mesma.

As perguntas foram diversas vindas dos fãs e da entrevistadora. Perguntada de onde surgiu a vontade e o amor pela escrita, Megan nos contou - Que isso veio desde sua adolescência, onde assistia novelas ou lia livros, e sempre achava que faltava algo, ou que faria isso e aquilo diferente, com isso começou a escrever suas próprias novelas.

E como fã é fã não poderia faltar perguntas sobre sua obra mais famosa a saga "Peça-me o Que Quiser" que esse ano ganhou seu quarto livro (que falarei mais deles em outra oportunidade).


Para quem não sabe "Peça-me o Que Quiser" é um dos romances eróticos mais lidos do mundo. Fala sobre voyerismos uma força de “amar” um tanto peculiar que encanta a muita gente, e em função disso lhe foi perguntado se ela já praticou o sexo em estado puro como seus personagens Judith Flores e Erick Zimmerman, já que as cenas de sexo entre eles é um tanto quanto detalha... Para nossa surpresa, Maxwell disse que não, que todo esse conhecimento no assunto veio através de pesquisa tanto na internet, como entre os amigos. - O que nos causou risos. Em geral, já que ela nos confidenciou que muitos dos seus vizinhos ao encontrar com seu marido nos arredores de onde moram lhe olham com um certo sorrisinho no canto dos lábios ao imaginar o que ela faz com ele em casa.

Também lhe foi questionado se o romance teria alguma continuação, e a autora nos informou que não sabe. Que só tempo irá dizer.

Falou também sobre seu novo livro, que foi lançado na Bienal. Chamado “Desejo Concedido”, tem como personagem principal a guerreira Megan. Comum com ela, somente o nome, porque se algo é claro: Lady Megan Phillips, nenhum homem dobrará seu caráter e sua vontade, acostumada a cuidar e velar pela segurança de seus irmãos, Megan é uma jovem intrépida, de belo rosto moreno, à qual lhe divertem os desafios e não se assusta com o som do aço. O romance promete ganhar muitos fãs assim como todas as obras de Megan.


Logo após esse bate papo incrível conosco, ela nos proporcionou um maravilhoso momento, onde autografou nossos livros e tirou fotos com todos, distribuindo sorrisos e simpática. Deixando no ar, uma maravilhosa promessa de retorno. Megan Maxwell ainda participou de alguns eventos dentro da Bienal e também deu um giro pelo país, visitando Manaus, Fortaleza e Rio de Janeiro (para a alegria de suas #GerrerasMaxwell).

Dentre outras atrações também estiveram presente Lucinda Riley, Becky Albertalli, Ziraldo, Talita Rebouças, Carina Rissi, Pam Gonçalves, Teve também a presença dos youtubers Keféra Buchmann e Lucas Rangel, dentre tantos outros, o que afirmo a vocês teve para todos os gostos.

Confira a galeria de fotos:









Bem eu vou ficando por aqui, espero que tenham gostado desse breve relato e se gostou comenta aí... Não gostou? Comenta também e compartilha com os amigos. 

Ahhhh prometo voltar muito em breve com algumas novidades... 

Hasta pronto... 

Me siga no Twitter: @LopesTicia 


TAG

Aparato do Entretenimento

Criado em 2014, o "Aparato do Entretenimento" traz ao seu leitor uma gama versátil de conteúdo. Conta com colunistas especializados em áreas de atuação diferentes, que visam desta forma atender a você querido(a) leitor(a). Além da sua visita, esperamos ser seus amigos e como seremos pode nós dar aquela dica para melhorar, um puxão de orelha, elogiar. Acima de tudo queremos sua participação.


0 thoughts on “Paty na Bienal Internacional do Livro de São Paulo