ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

#ControleRemoto: É melhor não olhar as “Desventuras em Série”


Resultado de imagem para desventuras em serie


“...É melhor não olhar a série que vai destruir sua noite e o seu dia e a cada cena deprimente causa nostalgia...” E é assim que se inicia a abertura da mais nova produção da Netflix, “Desventuras em Série” (A Series of Unfortunate Events) que finalmente estreou no serviço por streaming da Netflix na última sexta-feira 13. A série é uma adaptação da obra homônima escrita por Lemony Snicket (o pseudônimo do autor Daniel Handler), que conta a trágica história dos irmãos Baudelaire, Violet (Malina Weissman), Klaus (Louis Hynes) e Sunny (Presley Smith).


Resultado de imagem para desventuras em serie filme
Desventuras em Série - Filme 2004


Claro que está não é a primeira vez que vemos a história dos irmãos Baudelaire, há 13 anos estreava nos cinemas a versão cinematográfica de mesmo nome, em um ritmo mais apressado, pois tentaram condensar três livros em um único longa, a produção foi muito bem recebida pela crítica. A Paramount Pictures, DreamWorks Pictures e Nickelodeon Movies esperavam que o filme se tornasse uma franquia como aconteceu com os filmes da série Harry Potter, o que infelizmente não veio a acontecer. Porém em 2014, a Netflix anunciou a produção de uma série de televisão de todos os livros para transmitir online e o que vemos hoje é um dos melhores trabalhos já realizados pela produtora.


Resultado de imagem para desventuras em série conde olaf filme
Jim Carrey (Conde Olaf) Liam Aiken ( Klaus) Emily Browning  (Violet) 


Com mais tempo a Netflix conseguiu um melhor desenvolvimento da história, até mesmo os trechos que não fazem parte da obra original não parecem fora do contexto, algo que com certeza nos deixa com mais curiosidade. No desenrolar da trama que é ambientada em uma espécie de realidade fantástica. Outro detalhe interessante é a aparição de “Lemony Snicket” personagem interpretado por Patrick Warburton, onde ele surge narrando a história dos órfãos, sempre com uma postura seria e pessimista como a que está presente na obra literária. Algo muito bem elaborado é a abertura da série que passa por mudanças de acordo com a passagem dos arcos da trama. 


Desventuras em Série -  Abertura - Netflix 


O elenco escolhido foi um grande acerto, principalmente a escolha de Neil Patrick Harris para o papel de “Conde Olaf” que no cinema foi interpretado brilhantemente pelo ator Jim Carrey. Mesmo a série tendo os irmãos Baudelaire como personagens centrais, o vilão “Conde Olaf” tem um papel fundamental no desenrolar das tramas e suas múltiplas interpretações são importantes, hora um vilão maquiavélico e em outros momentos parte para o lado misterioso ou engraçado.


Resultado de imagem para desventuras em série cenas
Cena da chegada dos irmão Baudelaire a casa do Conde Olaf 


Os cenários são um grande destaque. Ficaram perfeitos, trazendo para seu público o clima melancólico que está presente nos livros. A maquiagem dos personagens do Conde ficaram tão bem elaborados que conseguem esconder com perfeição as características do vilão, o visual tanto dele como das crianças ficou bem melhor do que no filme.


desventuras em série-neil patrick harris-agambiarra-3
Conde Olaf em um dos seus personagens 


Com uma produção e interpretações muito bem caprichadas, a Netflix já colhe os ótimos resultados do seu bom trabalho, "Desventuras em Série" já foi assistida por 3,7 milhões de pessoas em seus três primeiros dias de exibição, segundo dados liberados pelo The Wrap com foco nos Estados Unidos, superando os 3,3 milhões de "Luke Cage", até então ultimo lançamento de grande destaque da Netflix.



E aqui eu deixo uma dica, ignore os avisos, mesmo sabendo que os momentos de felicidade são poucos e breves, não deixe de acompanhar os infortúnios das crianças Baudelaire.



Espero que tenham gostado do texto! Até a próxima pessoal.

Siga-me no Twitter: @Jonas_HBA

Dicas, sugestões e críticas é só entrar em contato comigo através do e-mail: 
jonas@aparatodoentretenimento.com.br 



Aparato do Entretenimento

Criado em 2014, o "Aparato do Entretenimento" traz ao seu leitor uma gama versátil de conteúdo. Conta com colunistas especializados em áreas de atuação diferentes, que visam desta forma atender a você querido(a) leitor(a). Além da sua visita, esperamos ser seus amigos e como seremos pode nós dar aquela dica para melhorar, um puxão de orelha, elogiar. Acima de tudo queremos sua participação.


0 thoughts on “#ControleRemoto: É melhor não olhar as “Desventuras em Série”