ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

Sem querer, querendo, Silvia Abravanel se tornou a "nova" Xuxa


Silvia agradou tanto que dividirá apresentação do Bom Dia & Cia com Matheus Ueta e Ana Julia

Nos anos 90 era normal ligar a TV durante as manhãs e encontrar um adulto comandando um programa dedicado as crianças, ou melhor, uma apresentadora. Tivemos Angélica, Eliana, Mara Maravilha, Simony e a mais conhecida de todas, Xuxa Meneghel.

Com os passar do tempo o interesse das emissoras por conteúdo infantil foi caindo, em meio ao "caos" causado pela internet e videogames, pouco foram os sobreviventes. Eliana migrou para o entretenimento, assim como Angélica. Xuxa persistiu, mas também foi vencida pelas novas mídias.

Na contramão dessa realidade, o SBT, munido do seu departamento infantil ainda tentou a todo custo sugar o restante de "ar" presente na inocência das crianças do século XXI. Fato que consolidou o canal de Silvio Santos como a emissora aberta com mais incentivo para os pequenos. 

Novelas, séries, desenhos e programas voltados exclusivamente para este nicho, empenho que acabou por se fortalecer com a última aquisição, produtos da multinacional Disney. 

Tamanha dedicação acabou por chamar atenção dos vizinhos, fato até então natural, afinal: "Como pode uma emissora manter tanto espaço na grade para as crianças? E pior, sobre o comando de algumas delas? Afinal não há uma lei que proiba tal ato?" Foi justamente este pensamento que causou a revolução.

Já ouviram a expressão: "Quando os pais saem, os filhos fazem a festa?". Aconteceu com o SBT, só que ao contrário. Da tempestade, veio a bonança. 

Silvia Abravanel não teve opção, estava encurralada. Cancelar não era uma opção, enganar o público muito menos. Deu a cara a tapa, não há outra constatação. Agarrou o formato do "Bom Dia & Cia" com unhas e dentes.

Realmente há males que vem para o bem. Em poucos dias a "Silvinha", ou "Tia Silvia", como vem sendo chamada, conquistou a criançada. Eles veem na mulher adulta, forte e decidida, a imagem da mãe, tia, professora, o reflexo da confiança. 

Para confeccionar a matéria acompanhei o desenrolar de Silvia defronte as câmeras, sua presença de palco antes tímida, receosa, abriu espaço para uma mulher amiga, simpática e de bem com a vida. Condição que respondeu fortemente nas redes sociais e na audiência do matinal. Condição tão favorável, que acabou lançando naturalmente o bordão: "Aí que delícia!".

Com a certeza da volta de Matheus Ueta e Ana Julia ao "Bom Dia & Cia", e melhor com a permanência de Silvia, posso garantir que os telespectadores mirins só tem a ganhar. Vão se sentir em casa, como se brincassem com sua mãe. Xuxa se não aposentou dos infantis, apenas cedeu sua "coroa" para a nova rainha dos baixinhos. 

Siga-me no Twitter, ou mande seu recado, basta clicar logo abaixo:

  


TAG

Aparato do Entretenimento

Criado em 2014, o "Aparato do Entretenimento" traz ao seu leitor uma gama versátil de conteúdo. Conta com colunistas especializados em áreas de atuação diferentes, que visam desta forma atender a você querido(a) leitor(a). Além da sua visita, esperamos ser seus amigos e como seremos pode nós dar aquela dica para melhorar, um puxão de orelha, elogiar. Acima de tudo queremos sua participação.


0 thoughts on “Sem querer, querendo, Silvia Abravanel se tornou a "nova" Xuxa