ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

A força das tramas tradicionais


Olá pessoal! Estou aqui novamente trazendo mais um texto, hoje irei falar da força das novelas tradicionais, elas que estão mostrando sua força perante o público. 




As novelas ultimamente, principalmente as da Globo, tentaram fugir do óbvio, do tradicional, do clichê, mas a mudança brusca demais acabou espantando o telespectador como aconteceu com "Meu Pedacinho de chão", trama das 18h e "Geração Brasil" das 19h.  

Foram super produzidas, mas ambas pecaram pelo exagero no diferencial, fugiram drasticamente do tradicional e consequentemente espantou o público.


Prova disso que ambas carregam o títulos de piores audiências em suas faixas de exibição. O telespectador ainda está acostumado com aquelas tramas mais corriqueiras, prova disso é que as maiores audiências dessas faixas foram de novelas extremamente tradicionais, cheias de clichês, simples e sem muita “super produções.” 

As tramas mais tradicionais estão se mostrando com muita força, exemplo disso é “Esmeralda”. Em sua terceira exibição no SBT, e a recém-estreada “Sortilégio” que tem a pegada bem tradicional, daquelas novelas que você assiste o primeiro capítulo e não desgruda mais, mesmo já sabendo o que vai acontecer no próximo capítulo.


Quem assiste, confirma e torce pelo personagem, vibra com as armações dos vilões. Assim como a "Feia mais Bela" estão registrando altos índices de audiência e fazendo grande sucesso. 

Essas tramas valorizam as histórias, procuram prender o telespectador por cada simples gancho de uma fala, de um simples acontecimento do qual já temos até uma ideia do que vai acontecer, mas ficamos na expectativa de ver a reação dos personagens.


Muito mais do que a "super produção", grandes efeitos especiais, hoje queremos que as novelas sejam cada vez mais valorizadas. Mais "estória" do que “efeitos e grandes viradas”, não queremos que fiquem paradas e acomodadas em um estilo apenas, mas que possam fazer mudanças sutis conforme o necessário, sem assustar ou desagradar o telespectador. 

Os maiores sucessos da ultima década, por exemplo, na faixa das 18h da Globo são de novelas de época bem tradicionais, alguns quase “castas” como "Chocolate com Pimenta", "O Cravo e Rosa", "Alma Gêmea", "Cabocla", "Sinhá Moça", "O Profeta" e tantas outras. 


Folhetins diferenciados mas que se adequaram ao estilo do horário como: "Paraíso", "Escrito nas Estrelas", "Cordel Encantado". Mais uma vez novelas simples, sem grandes efeitos e que prenderam o público em frente a TV. 

Já as novelas atuais estão preocupadas em retratar fielmente a realidade ou ultrapassam o limite do surreal e imaginário, o futurismo e esquecem que o que prende o telespectador não é só retratar a realidade, e sim a história, que possa ultrapassar os limites da racionalidade de forma leve, mexer com a nossa imaginação. São exemplos: "Carrossel" (SBT), "A Favorita" (Globo), "Chiquititas" (SBT), "Avenida Brasil" (Globo) e a bizarra "Os Mutantes Caminhos do Coração" (Record).


As produções tem que se preocupar mais com o que o telespectador que ver e esquecer a pressão pela audiência, pois ela vem de acordo com aquilo que o telespectador quer ver. A resposta é o aumento expressivo da audiência da Globo com "Boogie Oogie", a recém estreada "Alto Astral" que vem recuperando o público que se afastou desses horários.


Contudo, as tramas podem sim ser tradicionais e com uma pegada mais inovadora, o que não pode é exagerar demais na inovação. 


Espero que tenham curtido!

Até uma próxima oportunidade.


Autoria textual: Jonas Henrique (@Jonas_HBA)

Sessão:



Colaboração:





Aparato do Entretenimento

Criado em 2014, o "Aparato do Entretenimento" traz ao seu leitor uma gama versátil de conteúdo. Conta com colunistas especializados em áreas de atuação diferentes, que visam desta forma atender a você querido(a) leitor(a). Além da sua visita, esperamos ser seus amigos e como seremos pode nós dar aquela dica para melhorar, um puxão de orelha, elogiar. Acima de tudo queremos sua participação.


0 thoughts on “A força das tramas tradicionais