ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

O diário de segredos de Daniele Moura




Atrasei sim, mas nem por isso deixarei de dar o ar da graça. Meu brilho é único e não será o seu recalque que irá me desmoralizar. Eu e o quartel aprontamos muito, chegou a hora de jogar o nome de cada uma na fogueira e destrinchar os segredos. 


O que era para ser um prêmio virou uma brincadeira, e agora é uma coluna. Intitulada "O Diário de Segredos de Daniele Moura" trará situações fictícias da peripécia Danny e seu quartel de amigas. Não viu a primeira edição? Então clique AQUI e leia.

______________________________________________


15 de setembro de 2014

Acordei com alguém me chamando no portão de casa. Levantei, olhei no espelho e deparei-me com a criatura mais linda do planeta terra. Deixei chamando, afinal de contas primeiro precisava embelezar-me. Comecei pelos cabelos alisando-os a base de uma mistura de óleo de babosa com azeite de dendê. Na sequência pintei as unhas com urucum. Pincelei  nos lábios carnudos mel silvestre e para finalizar a sessão, distribui óleo de peroba por toda minha cútis de boneca de porcelana. Coloquei meu tamanco da dijean vermelho paixão e sai toda, toda. Quando abri a porta do hall, para minha surpresa era a Paty toda chorosa. Ficou prenha e agora está desesperada.

16 de setembro de 2014

Fiquei o resto do dia de ontem consolando a Paty, a "bunita" soltou a gaivota na vizinhança e agora vai receber a visita da prima cegonha. Está desolada. Para tentar contornar a situação fiz o sopão com pé de porco que ela tanto gosta, mas nada. Só com o cheiro já embrulhou o estômago. A Claudete e a Gorete minhas vizinhas lésbicas até a procuram, prometeram uma boa bufunfa pela criança que ela carrega no bucho. Infelizmente não sei o que se passa na cabeça da periguete, mas é bem provável que ela aceite ser barriga de aluguel das sapatas. E para piorar está surtada, acredita que o filho é do Jaime Camil. Pode isso, produção? A concepção só pode ter sido via sexcam. #Coitada   

17 de setembro de 2014

Depois de ser pega pela blitz da Lei Seca, a Lizandra até que deu uma parada de beber. Fez até intenção para Iemanjá. Custei a acreditar quando soube que ela estava sóbria a pelo menos 48 horas. Pulei de alegria, fiz a dancinha da glória, pois não é nada satisfatório ver uma das suas melhores amigas se tornar um "pudim de pinga ambulante". Mas amigos, não deu nada. A Kah baixou em casa, era umas 10 da noite toda arranhada, com os cabelos parecendo que tinha ido para a 2ª guerra mundial e sido exilado por um batalhão. Com cara de Maria do Bairro chorando as dores, disse-me aos prantos: "Eu só quis ajudá-la, convidei para passar a noite em casa... (soluço), preparei nuggets, e abri aquele dolly trincando de tão gelado e coloquei um filme no DVD..." Enxugou, fungou e recolheu-se na sua insignificância. Continuou: "A hora que eu abri a geladeira e ela viu o corotinho de pinga do meu vó Genésio, voou como uma ave de rapina, me empurrou... Levantei tentei tirar a pinga da mão dela..." Fui na cozinha e busquei um copo de água com açúcar, e pedi para ela acalmar-se e dar sequencia ao ocorrido... "Foi como uma leoa, a Lizandra, Danny, me deu uma chave de braço e começou a me estrangular, e pior dizia a plenos pulmões: Quero beber como se não houvesse amanhã... Foi então que sai correndo de casa, larguei a desordeira lá e desemboquei aqui. Agora por favor liga para os alcoólicos anônimos". E lá fui eu atrás da Lizandra mais uma vez, com a ambulância e seus pais. O vida difícil. #ForninhoCaiu

21 de setembro de 2014

Ficou vidrada a semana toda no pedreiro da vizinhança, até se organizou melhor: primeiro terminar de limpar a casa mais cedo (só para poder vê-lo trabalhando), segundo comprar Jequiti da colega da igreja. E por fim mais não menos importante pagou super caro no creme para pentear da Seda. Uma libidinagem atrás da outra, para chamar a atenção vestiu sua super micro-saia de malha, que havia comprado na liquidação da lojinha do Benevides (ele tinha uma queda por ela, aumento mais não invento. Ficava todo santo dia observando ela aguar as plantas, chegava até suar). Emperiguetou-se, pegou água gelada, a cuia de chimarrão e se sentou defronte a obra. Causou o delírio. Outra Paty da vida. #Oremos


Até a próxima, fofoqueiros de plantão!

Quer mandar um beijo para alguém, pode! Mas desde que pague um "jaba". Risos.

E lembrem-se comentem sempre, lindinhos e lindinhas da titia Danny!

Por:








Aparato do Entretenimento

Criado em 2014, o "Aparato do Entretenimento" traz ao seu leitor uma gama versátil de conteúdo. Conta com colunistas especializados em áreas de atuação diferentes, que visam desta forma atender a você querido(a) leitor(a). Além da sua visita, esperamos ser seus amigos e como seremos pode nós dar aquela dica para melhorar, um puxão de orelha, elogiar. Acima de tudo queremos sua participação.


3 thoughts on “O diário de segredos de Daniele Moura